RESENHA DO LIVRO “O MENINO DO PIJAMA LISTRADO” DE JOHN BOYNE

O menino do pijama listrado de John Boyde traz uma emocionante história sobre uma amizade inusitada e comovente entre dois meninos durante a 2ª guerra.

banner-menino-de-pijama-listrado

“O menino do pijama listrado” é um livro escrito por john boyne, romancista irlandês nascido em 30 de abril de 1971. boyne estudou língua inglesa no trinity college, e literatura criativa na universidade de east anglia, onde recebeu o prêmio curtis brown. john boyne começou a escrever histórias aos 19 anos e teve o primeiro romance publicado dez anos depois.

“O menino do Pijama Listrado” é um Best Seller em Nova York que fala sobre um momento histórico muito importante e difícil para todos, a Segunda Guerra Mundial, e mesmo diante desse cenário tão horrível e de tanto dor, um belo e sincero sentimento surgiu entre duas crianças, a amizade.

Em uma narrativa simples e fluente, John Boyne, conta a história de Bruno, um menino de nove anos que vivia feliz com sua família em Berlim. Até que um dia, ao chegar em casa, o menino se surpreende ao ver a empregada arrumando suas malas, eles iram se mudar.

Bruno, é filho de um dos comandantes das tropas que servem a Führer de Hitler, e devido à guerra, ele precisava mudar-se junto a sua família para perto de um campo de concentração. Os dias passam, e Bruno odeia cada vez mais aquele lugar. O lugar era muito diferente de Berlim, ele não podia brincar por todos os lados e nem havia outros meninos para isso. É partir daí, que se inicia todo o enredo do livro, mostrando de forma interessante toda a questão da guerra na visão de uma criança.

Após alguns dias na nova cidade, Bruno avista pela sua janela um lugar bastante diferente, com uma cerca e umas pessoas vestidas da mesma forma, com roupas iguais, que na visão do menino eram pijamas. Curioso, ele resolve explorar fora da casa, e lá ele conheceu um menino, da mesma idade que a sua, o Shmuel, que é judeu e vive aprisionado ali com sua família. A partir desse dia, os dois meninos começam a conversar todas as tardes, um contando ao outro como é estar do outro lado da cerca.

Eles se tornaram grandes amigos, Bruno ia todos os dias até a cerca e sempre levava alguma coisa para o outro menino comer, pois Shmuel sempre passava fome no campo de concentração. E dia após dia, cada vez mais a amizade deles ficava mais forte e intensa.

Bruno queria muito conhecer o campo de concentração, mas não podia entrar e Shmuel dizia que lá era muito triste, não tinha o que conhecer. Entretanto, em um dia de festa, os meninos se encontraram dentro da casa de Bruno. Cada um em uma perspectiva totalmente diferente, o menino rico e bem cuidado e o menino judeu, pobre, que estava ali somente para servir os alimentos.

Depois de um bom tempo de amizade, Bruno soube que teria de voltar a morar em Berlim, triste por ter que se despedir do amigo, Bruno com a intenção de provar sua amizade, vai até Shmuel tentar ajudá-lo a achar seu pai que havia sumido dentro do campo, para isso tiveram uma ideia e pensaram em um plano para Bruno entrar no campo de concentração sem ninguém perceber. Mas algo acaba dando errado para os dois meninos que acabam sofrendo uma triste consequência.

“O menino do pijama listrado” é uma ótima leitura para todas as idades, sendo extremamente emocionante e nos fazendo pensar em amizade, inocência e amor. Essa grande obra literária sofreu uma adaptação e virou um filme de muita emoção e que todos devem assistir.

 

Livro:

comum-menino-de-pijama-listrado

O Menino do Pijama Listrado
John Boyne
Editora Seguinte
192 páginas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin