Resenha do livro Robinson Crusoé

O livro Robinson Crusoé é de gênero epistolar/autobiografia, misturado com aventura e ação, o livro foi escrito por Daniel Defoe e publicado em 24 de abril de 1719. A história é contada por um jovem inglês Robinson Crusoé que nasceu no ano de 1632, na cidade de York, filho de uma família de classe média na Inglaterra

Narrado em primeira pessoa e escrito como uma narrativa epistolar (aquela em que o protagonista relata os fatos como em uma carta ou diário) a história é contada por um jovem inglês Robinson Crusoé que nasceu no ano de 1632, na cidade de York, filho de uma família de classe média na Inglaterra, Robinson Crusoé tinha o sonho de conhecer o mundo através de um navio, não é atoa que ele queria ser marinheiro, mas sua família não o apoiava, queriam que ele fosse advogado para ajudar a família e ficar rico.

Apesar de toda oposição familiar Robinson Crusoé segue firme com sua decisão de ser marinheiro e navegar pelo mundo, com apenas 18 anos ele foge de casa, avisando apenas sua mãe, em sua primeira viagem para Londres o seu navio quase naufraga por conta de uma forte tempestade.

Nos mares as suas aventuras vêm sendo frustrantes até que ele é capturado por um grupo de piratas e feito de escravo por anos, até que ele acha uma maneira de escapar. Logo em seguida os portugueses o convidam para tripular um barco, com diversas viagens feitas para o Brasil colonial, Crusoé ainda se sente insatisfeito compra terras para o plantio de cana de açúcar, ainda não satisfeito com essa vida, ele deixa o Brasil em direção a Guiné em busca de novas aventuras e escravos para trabalharem em suas plantações.

Em uma dessas viagens Robinson Crusoé e sua tripulação enfrentam uma grande tempestade, o que faz ele mudar a sua rota para fugir do mal tempo, porem nisso, seu barco naufraga perto de uma pequena ilha, com ele sendo o único sobrevivente do naufrágio, ele se instala na ilha, diferente de muitos que desistiriam, ele decide lutar para sobrevir a ilha e conseguir achar uma maneira de sair de lá.

Ele passa 27 anos preso na ilha totalmente sozinho, até que ele vê um barco próximo a ilha que o leva de volta para Inglaterra, mas suas aventuras não acabam por aqui, ele realiza novas viagens para escrever mais historias.

Robinson Crusoe

A leitura do livro “ROBINSON CRUSOÉ” é bem gostosa e agradavel, com uma linguagem simples, não é atoa que um dos livros mais lidos pelos brasileiros

Para mais resenhas como essa acesse: Meu Catálogo de Livros

ou acesse: meucatalogodelivros.com.br

Vídeo sobre a resenha do livro: https://youtu.be/DvYoulES5RQ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin