Resenha Crepúsculo

Crepúsculo é o primeiro romance de Stephanie Meyers, e o primeiro da série de filmes de sucesso no começo dos anos 2010. Crepúsculo vendeu aproximadamente 150 milhões de cópias em todo mundo e foi traduzido para mais de 35 línguas diferentes devido a sua fama. Apesar da obra ser parecida com o longa, o best-seller tem algumas diferenças. Quer saber mais sobre o primeiro livro da série? Continue lendo a nossa Resenha Crepúsculo!

Crepúsculo
Quer saber tudo sobre o livro Crepúsculo? Continue com a gente!

Qual a história do livro Crepúsculo?

A história de Crepúsculo gira em torno de Bella Swan, uma garota que até pouco tempo morava com sua mãe Renée e seu padrasto no estado de Arizona, nos Estados Unidos, mas que acaba se mudando para a fria, misteriosa e pacata cidade de Forks, onde mora seu pai. Bella toma essa decisão para não prejudicar o relacionamento de sua mãe com seu padrasto, que sempre estava viajando, fazendo a mãe de Bella ter que ficar em casa com ela.

Como Bella e Edward se conhecem?

Bella lembra-se de muito pouco de Forks, e a relação com seu pai não é das melhores, mesmo que ele faça de tudo para agradá-la, como podemos ver em uma das primeiras cenas entre os dois personagens, na qual ele dá um carro para sua filha. Na sua nova escola, Bella se sente um tanto deslocada, mas ao encontrar os irmãos Cullen em seu primeiro dia de aula, tudo muda. Ela se sente intrigada e descobre que eles se isolam dos demais colegas e que são um tanto peculiares, porém um dos Cullen capta sua atenção mais do que todos, Edward Cullen, seu mais novo parceiro de laboratório. Bella sente que Edward não a suporta, pois todas as vezes que ela tenta se aproximar dele são desastrosas, pois ele faz de tudo para manter distância dela.

A história de amor em Crepúsculo

Tudo muda quando Edward consegue salvá-la de um acidente de carro no estacionamento da escola. Ela começa a investigar essa situação tão estranha, em que ele rapidamente consegue parar o carro com sua própria mão. Novamente, Edward salva a vida de Bella, em uma viagem que ela faz com suas amigas, e agora seus destinos estão entrelaçados. Ele leva a garota para jantar, e então, de uma forma dramática, Bella revela que acha que ele é um vampiro, e ele confirma suas suspeitas.

Agora seu afastamento é justificado, pois não consegue conter seu desejo insaciável pelo sangue de Bella. Edward teme machucá-la, mas, ao mesmo tempo, não consegue se afastar completamente da garota. Ele ainda revela que a segue em todos os lugares onde ela vai, por ter um instinto protetor extremamente forte por ela. Edward releva outros poderes: ele é capaz de ler mentes – exceto a de Bella – e sua pele brilha em contato com a luz do Sol.

Imagem ilustrativa do romance entre Bella e Edward no livro Crepúsculo.

Bella corre perigo

Eventualmente, os dois começam a namorar, o que incomoda tanto a família de Edward quanto ao pai e amigo próximo dele, Billy Black. Os vampiros são proibidos de entrar na reserva indígena onde a família de Billy mora. O filho de Billy, Jacob, acaba se aproximando de Bella, e essa aproximação será muito importante nos próximos livros. Jacob revela a Bella uma lenda antiga, que a faz perceber tanto a existência de vampiros como a de lobisomens na pacata cidade de Forks. Com o tempo, o pai de Bella aceita o relacionamento com restrições, e a maior parte da família de Edward também. Quando tudo parece estar indo bem, um grupo de vampiros – James, Victoria e Laurent – se encontram com os Cullen, e James, um vampiro rastreador, extremamente atraído pelo odor de Bella, se encontra obcecado por ela.

Agora a vida de Bella se encontra em grande perigo, pois James está obstinado a matá-la e se alimentar de seu sangue. Para salvar a vida de Bella, Alice e Jasper, irmã e cunhado de Edward, a levam para um Hotel perto da casa de sua mãe, no Arizona. Porém, James engana Bella, ligando para a garota e mostrando que sua mãe foi sequestrada por ele. Ela se vê obrigada a ir sozinha em um estúdio de Balé que frequentava na infância, para se oferecer no lugar de sua mãe. Chegando lá, ela descobre que ele apenas obtinha uma gravação de sua mãe. Ele, então, tenta matá-la. Por sorte, os Cullen chegam a tempo e matam James.

Na foto, os antagonistas em Crepúsculo: James, Laurent e Victoria, respectivamente.

Edward consegue controlar seu desejo?

Bella bateu a cabeça em um espelho e está tendo uma hemorragia, e eles descobrem que James a mordeu. Se deixarem o veneno agir, Bella se tornará uma vampira como eles. Bella sempre deixou claro seu desejo de tornar-se uma vampira, para poder, então, passar toda a eternidade com seu amante imortal. Porém, Edward não quer que isso aconteça. Ele, então, é obrigado a sugar o veneno de Bella, mas, para isso, vai precisar de um grande autocontrole, pois ele deseja o sangue de Bella mais do que qualquer coisa em sua vida. Para a surpresa de Edward, ele consegue mordê-la e não matá-la, removendo todo o veneno. Bella, então, acorda em um hospital ferida. Edward promete a Bella que não irá se afastar dela e vão juntos ao baile de inverno, finalizando o primeiro livro.

Críticas ao livro Crepúsculo

Crepúsculo é um romance adolescente clichê, que possui um toque de sobrenatural muito interessante. Acredito que o maior problema desse livro é a “romantização” de um relacionamento abusivo de Edward com Bella, já que ele a segue para aonde ela for, a assiste dormindo, e fere os sentimentos da garota diversas vezes. Bella não é uma protagonista muito cativante, pois, apesar de ser bem decidida, não há nada que a diferencie de outras garotas além do desejo de Edward sobre ela. Além disso, os devaneios de páginas e mais páginas de Bella sobre Edward acabam um tanto cansativos e repetitivos.

Apesar disso, Crepúsculo é um livro instigante, e mesmo para aqueles que já viram o filme, é interessante ver essas diferenças, como por exemplo a maneira que Bella se aproxima de Jacob, e como o próprio Edward tem certa profundidade. A escrita do livro é simples, muitas vezes lembrando fanfictions, histórias escritas por fãs, com público-alvo majoritariamente adolescente. Porém, essa linguagem simples acaba tornando o livro extremamente acessível. Levando em consideração o ano em que foi lançado e toda sua relevância, Crepúsculo é um livro bom e com um potencial bem explorado.

E aí, gostou?

Agora que você já sabe tudo sobre Crepúsculo, que tal dar uma lida em outras resenhas de literatura juvenil ou de romances no nosso blog? Aproveita e também confere nossa resenha Crepúsculo no youtube

Esperamos que você goste muito do livro Crepúsculo, caso ainda não tenha lido. Já leu Crepúsculo? Conta pra gente aí nos comentários o que achou!

Boa leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin