MULHERES QUE CONTAM HISTÓRIAS SOBRE A ANCESTRALIDADE FEMININA

Mulheres que correm com os lobos é um livro aspiracional para a a resistência da visão feminista e para reafirmar a liberdade feminina.

banner-mulheres-correm-com-os-lobos

Mulheres que correm com os lobos é um livro aspiracional para a a resistência da visão feminista. Publicado em 1992, o livro ficou 145 semanas consecutivas na lista de best-sellers do The New York Times.

Composto por elementos ancestrais, narrativas sobre a natureza feminina e o feminino, o livro completa o sentido de ser mulher e direciona essas a compreender estruturas patriarcais enraizadas na sociedade por tanto tempo.

Clarissa Pinkola Estés, autora do livro, é indiana e Psicóloga junguiana e através da sua pesquisa sobre sonhos encorpa a intensidade do livro e do sagrado feminino, relacionando os sonhos à características pessoais e sentimentais delas.

Por meio dos mitos e fábulas de tribos antigas, Clarissa aborda os arquétipos femininos que ajudam as leitoras a compreenderem seus desejos e voracidades e se libertarem de amarras e conjugações inverídicas sobre suas personalidades.

A ideia principal do livro é que as mulheres foram domesticadas a viver em uma sociedade moral, e que a essência está ligada diretamente ao que ela chama de Loba.

Essa repressão e a proibição do que é visceral e selvagem, construída durante séculos na figura da mulher, ocasionou atualmente em mulheres deprimidas, confusas, angustiadas e inseguras nas relações sociais e na descoberta do seu próprio “eu”, diferente da figura masculina que tiveram uma certa liberdade até mesmo nos prazeres sexuais.

Para contrapor toda essa estrutura, Clarissa relaciona arquétipos de mulheres que tinham uma postura dominante e forte, que foram anuladas ou manipuladas pela história geral e que nunca chegaram aos ouvidos. O ponto central é fazer com que as mulheres se conectem com a sua loba interior e seu instinto selvagem.

Fica claro que a ideia de Mulheres que correm com os lobos é transmitir e atravessar as mulheres a serem livres, libertas da moral e do bom costume, se assim elas desejarem.

 

Livro:

comum-mulheres-correm-com-os-lobos

Mulheres Que Correm Com Os Lobos
Clarissa Pinkola Estés
Editora  Ballantine Books
520 páginas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin