Resenha do livro “O verão que mudou minha vida”, Jenny Han

 

O verão que mudou minha vida, um livro que vai te fazer voltar a ter 15 anos!

 

Capa do livro O verão que mudou a minha vida
Capa do livro ” O verão que mudou minha vida “, foto do site Vivendo entre palavras.

O verão que mudou a minha vida de Jenny Han autora do Best Seller “Para todos os garotos que já amei”. É o primeiro volume da trilogia: Verão, é um livro leve e apaixonante que conta a história de Belly, uma menina sorridente, divertida e muito agitada. Ela e sua família passam todos os verões na casa da praia em Cousins Beach, da melhor amiga da sua mãe, Susannah, que é mãe de dois meninos, Conrad e Jeremiah. Belly, seu irmão mais velho Steven, Jeremy e Conrad cresceram juntos compartilhando muitas histórias e cultivado uma amizade que aumenta a cada verão, apesar disso, Belly por ser mais nova sempre era excluída de diversas coisas.

O livro começa com a chegada de Belly e sua família na casa de veraneio. Mostrando como os dois filhos de Susannah veem ela de uma maneira completamente diferente, pois eles a viam como uma criança. Agora ela está com 15 anos e passou por diversas mudanças em seu corpo e sua mentalidade. O livro aborda de uma maneira bem bonita e diferente essa mudança de Belly da infância para a adolescência.

Belly é uma adolescente demonstrando isso de maneira natural em todas as suas atitudes, como por exemplo as brigas com a mãe, uma atitude típica desse período. Belly poderia ser qualquer uma de nós, por esse motivo em vários momentos do livro ficamos com um pouco de raiva de algumas ações e de seus pensamentos, principalmente sobre o seu corpo, que apesar de ser um pensamento típico de uma menina de 15 anos, causa ao leitor bastante incomodo. A autora consegue com essa personagem nos trazes diversos sentimentos e principalmente uma nostalgia de ser essa menina de 15 anos que esta vivendo o primeiro amor, e nos faz ate mesmo repensar nossas própria atitudes e decisões nesta época tão delicada de nossas vidas

Como dito anteriormente Belly passa os verões com os meninos de Susannah, como são chamados ao longo do livro. O mais velho é o Conrad, o amor platônico de Belly, ele é um menino muito retraído e tem muita dificuldade de expor os seus sentimentos. O que pode causar no leitor uma certa impaciência com o personagem. Do lado oposto temos Jeremiah, um menino muito fofo, extrovertido e animado, apesar de tudo isso ele vive lutando por ser sempre a sombra de seu irmão.

Um dos grandes temas que o livro traz são os amores de verão. Digo amores pois ao longo do livro ela se apaixona mais de uma vez, por ser uma menina jovem e que está entrando nesse mundo ela não sabe mensurar seus sentimentos. Durante a narrativa Belly fica dividida entre a amizade de Jeremiah e os sentimentos quase incontroláveis que tem por Conrad. Formando um triângulo amoroso muito complexo, porem que ocorre de maneira natural. Em certos pontos do livro torcemos por um casal, mas logo mudamos de opinião, porem perto do final do livro ocorre uma transformação na narrativa que começa a dar mais destaque não só no amadurecimento de Belly, mas também em um segredo revelado que pode comprometer todos os outros verões.

Livro relacionado

 

Se você leitor se interessou pelo livro ” o verão que mudou minha vida”, talvez você se interesse pelos livros da série “Minha vida fora de série”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin