Resenha do livro “Entre Quatro Paredes”

 

O livro “Entre quatro paredes” começa com uma mulher chamada Grace, que se encontra encantada quando finalmente acha um homem que entende toda a sua situação e a apoia.

 

           No contexto do livro “Entre Quatro Paredes”, Grace é uma mulher independente que passou sua vida inteira buscando o melhor para sua irmã Millie, que tem síndrome de Down. Buscou sucesso em sua carreira para poder bancar a melhor escola para sua irmã e dispensou diversos relacionamentos que não entendiam a importância de Millie para Grace, ou que não concordavam com o fato de que quando Millie fizesse 18 anos se mudaria com Grace. A vida romântica de Grace parecia fadada à derrota, até que Jack Angel apareceu. 

             Jack entrou em sua vida da melhor forma possível, pela sua irmã. Em uma tarde no parque, Millie dançava sozinha quando uma banda tocava músicas, até que Jack veio e a acompanhou, e depois se apresentou para Grace. O relacionamento deles cresceu e parecia perfeito, por isso se casaram muito rápido. 

            Ele é um advogado que defende mulheres que sofreram algum tipo de violência, e era muito sucedido em seu trabalho. Era rico, simpático e bonito, além de gostar muito de Millie. Era uma anjo para Grace.

          Jack entendia muito bem a situação de Grace com sua irmã, e dava todo o apoio a ela, inclusive fazendo visitas a Millia e concordando em ela morar com eles quando completasse 18 anos. 

            Além disso, Jack não queria que Grace ficasse tão preocupada com o seu trabalho, que era corrido, ou que viajasse demais, por isso sugeriu que ela se demitisse, assim poderia viver sua vida com mais tranquilidade e passar mais tempo com Millie. Com Grace se demitindo, Jack assumiu os custos de Millie e se tornou, junto com Grace, guardião legal da garota. Depois que se casaram, Jack comprou uma linda casa para eles. 

           Após o casamento, Grace se viu deixando grande parte de sua vida para trás para viver uma vida mais que perfeita com Jack. No entanto, não era bem assim. 

          Contudo, quando se casaram Grace conheceu um Jack totalmente diferente daquele que tinha conhecido até então. Percebeu que as suas formas de agradá-la, na verdade eram tipos de controle que ele tentava obter sobre sua vida e se perguntou como ela chegou àquele ponto. 

         O livro tem uma estrutura muito interessante e instigante, onde Grace, que é a narradora, conta sobre o presente e o passado, mostrando o que aconteceu até que chegasse onde está em seu relacionamento com Jack. A autora fez uma ótima construção de seus personagens principais, que nos leva a entender um pouco sobre o que passa na mente de cada um. A criatividade da escritora também é de se impressionar, já que a história tem uma trama muito bem construída e que leva ao interesse do leitor, que quer devorar o livro com  rapidez. 

          É classificado como suspense de forma totalmente correta, já que do começo ao fim do livro o leitor fica apreensivo e ansioso para chegar ao final e descobrir como tudo se desenrolou. 

         Esse livro é recomendado para todos os amantes de suspense, mas arrisco a dizer que até pessoas que normalmente não gostam do gênero gostaria muito desse livro. Indico a todo o público que gosta de mistério, mas especialmente àqueles que preferem coisas realistas que poderiam acontecer com diversas pessoas, o que torna tudo mais interessante.

A autora do Livro é a inglesa B. A. Paris e esse é seu romance de estreia, que foi Best-Seller do The New York Times.

Credit: Getty Images/Rosdiana Ciaravolo

Para ler mais resenhas Clique aqui! Bom divertimento querido leitor, até a próxima!

 

Resenha feita por:

Luiza Beatriz; 1RPC

Sarah Mohallem; 1RPC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin