RESENHA DO LIVRO 1984 (NINETEEN EIGHTY-FOUR) DE GEORGE ORWELL

Resenha de 1984, livro de George Orwel que conta a história de uma realidade distópica onde todos são observados o tempo todo.

banner-1984-George-Orwell

1984 (Nineteen eighty-four, em seu título original) é um livro distópico escrito por George Orwell em 1949 que discorre sobre uma sociedade totalitária, em que o governo é responsável pelo controle de corpos e pensamentos dos seus cidadãos. A temática do livro centra-se na explicação da societária a partir de dois personagens principais: Winston Smith, que trabalha no Partido, e Julia, sua colega de trabalho.

George Orwell é um pseudônimo para o jornalista, ensaísta e crítico Eric Arthur Blair, que viveu entre 1903 e 1950.Enquanto escritor, Orwell foi responsável pelas novelas distópicas e alegóricas Revolução dos Bichos (1945) e 1984 (1949), último livro completo publicado pelo autor antes de sua morte.

A história de 1984 se passa na Oceania (superestado distópico), no ano de 1984, e trata sobre uma sociedade que se encontra em uma guerra infinita e possui um governo e vigilância onipresentes e forte propaganda política. O Partido é responsável, a partir da Polícia do Pensamento, pela manutenção do pensamento coletivo e manipulação da população. É também controlado pelo Big Brother, o líder.

Winston Smith se enquadra em todos os padrões de cidadão exemplar e é um membro de confiança do Partido. Entretanto, carrega dentro de si um sentimento de rebeldia que não consegue entender nem explicar, até conhecer Julia, que faz parte da juventude do Partido e, depois de envolverem-se, lhe entrega um livro da resistência, que esclarece as dúvidas de Smith sobre uma vida além dos muros erguidos pelo Big Brother.

No livro 1984, o autor cria uma grande uma crítica aos governos autoritários e castradores. Apesar de ter sido escrito na primeira metade do século XX, 1984 mantém-se atual até hoje, uma vez que Orwell utiliza-se de estratégias de controle e vigilância tecnológicos, a exemplo da super digitalização da sociedade atual.

Orwell, a partir do romance 1984, foi responsável por neologismos adotados pela língua inglesa posteriormente, como “Thought Police”, “thoughtcrime”, “2 + 2 = 5”.

 

 

Livro:

comum-1984-George-Orwell

Nineteen Eighty-Four (1984)
George Orwell
Editora Companhia de Letras
416 páginas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin